Innovative Probiotic Lactic Yeast for the pharmaceutical, nutritional and agricultural industries

Sindrome do colon irritavel

Trial#132 Resultados clínicos do tratamento com a levedura Kluyveromyces B0399 da Sìndrome do Colon Irritavel (IBS em inglés).

Este estudo, baseada na coleta de dados sintómalogicos antes e depois do tratamento, demonstra que o uso prolungado do Kluyveromyces marxianus fragilis B0399 melhora significativamente o estado clìnico e além disso melhora a qualidade de vida destes pacientes.

Dr. Sandro Andreoli* 
Dr. Paola Lovrovich (analises) estatisticas

Resultados ClÌnicos do tratmento com a levedura láctea Kluyveromyces B0399 para a SÍndrome do cólon Irritavel    

*-Doutor em Medicina e Cirurgia; Especialista em Doenças do sistema digestivo.  -Especialista em endoscopia no Hospital S.Camillo, Treviso Consultor -Gastroenterólogo na Città della Salute, Torreano di Martignacco (Ud)

-Consultor Gastroenterólogo na Salus Alpe Adria   Pagnacco (Ud)

-Consultor Gastroenterólogo na Clinica S. Eufemia Grado (Go).

-Estudo privado em Duino 1,   33100 Udine  

 

SUMARIO:   A Síndrome do Colon Irritavel é provocada por uma diversidade de causas (fisiológicas, psicológicas, ambientais e comportamentais) portanto, não existe terapia específica eficaz, mas sim terapias múltiplas que visam as causas que são subjetivamente mais importantes. Este estudo, baseado na coleta de dados sintomatológicos antes e após o tratamento, demonstra que o uso prolongado de Kluyveromyces marxianus fragilis B0399 melhora significativamente o quadro clínico e, acima de tudo melhora a qualidade de vida desses pacientes.  

INTRODUCÃO:   Desde o ano 1998, o uso da levedura láctea Kluyveromyces marxianus fragilis B0399 é aplicada applied como um suporte destinado a limitar significativamente a sintomatologia do cólon irritável, dar uma prova significativa de eficácia, tanto para encorajar um estudo mais aprofundado. O objetivo deste estudo foi verificar se o uso cíclico da levedura láctica Kluyveromyces marxianus fragilis B0399 melhora a sintomatologia em pacientes afetados pela Síndrome do Intestino Irritável.. A utilização de indivíduos afetados pelo IBS é reconhecida internacionalmente (como ilustrado em "The EFSA Journal (2008) 853,1-15) como uma experimentação destinada a provar a eficácia na redução do" desconforto intestinal". Numerosas conferências foram dedicadas ao IBS com o objetivo de estabelecer uma definição e a sintomatologia. Grupos internacionais de especialistas, reunidos para o tema dos Distúrbios Gastrointestinais Funcionais, elaboraram critérios diagnósticos, conhecidos sob o nome de Roma I, II e III, e definiram o IBS como sendo "um grupo de desordens intestinais funcionais, nas quais a dor abdominal é associado com defecação ou a modificação da rotina do intestino ou a percepção subjetiva de defecação alterada. "IBS também é definido como sendo uma disfunção e pode incluir distúrbios conhecidos como: cólon irritável, colite espástica ou simplesmente colite. Dor abdominal ou desconforto (sensação de perturbação) recorrente durante pelo menos três dias por mês nos últimos 3 meses, associado a pelo menos dois dos seguintes sintomas:    

• Melhoria com evacuação

• Aparência associada a variações da frequência de evacuações.

• Aspecto associado a variações da consistência das fezes.    

A dor abdominal pode manifestar-se como uma cãibra, predominantemente durante o dia, aliviada pela defecação e exacerbada pelo estresse e a ingestão de alimentos. Esta sintomatologia muitas vezes condiciona a qualidade de vida e rotina diária. A frequência alterada de evacuações é expressa com uma prevalência de constipação em oposição à diarreia, especialmente entre as mulheres. Os homens, ao contrário, têm uma prevalência de diarreia.   IBS não é uma doença, mas uma disfunção, causada por uma sinergia exagerada entre o Sistema Nervoso Central eo Sistema Nervoso Entérico. Não tem um fator etiológico bem definido; É considerada uma desordem "biopsicossocial", causada por fatores fisiológicos, psicológicos, ambientais e comportamentais.   IBS frequentemente tem ocorrências cíclicas, com períodos de bem-estar alternando com ataques dolorosos provocados por tensão emocional, fadiga, estresse, dieta. Estas crises dolorosas criam mais tensão no paciente que pode causar um agravamento dos sintomas. Fatores genéticos combinados com fatores psicossociais determinam o aumento das células inflamatórias intestinais, com aumento e ativação dos mastócitos, que causam hipersensibilidade cólica e desmovilidade, com inchaço, alteração do tempo de trânsito, meteorismo, hipertonia da flexão sigmoide, aparecimento de mucosas fecais A colonoscopia é muitas vezes macroscopicamente negativa, mas a histologia destaca a colite microscópica.   De acordo com dados epidemiológicos, o IBS está presente em 30% da população italiana com uma relação mulher / homem entre 2: 1 e 4: 1. Esta tendência também é encontrada em nossa experiência clínica com uma proporção de 7 em cada dez. Isso poderia indicar uma maior sensibilidade e conhecimento por parte das mulheres.

COMENTOS: Como já foi referido, a Síndrome do Intestino Irritável (IBS) é uma disfunção gastrointestinal causada por múltiplos factores "bio-psico-sociais" que determinam sintomas que podem até ser contrastantes (constipação e diarreia, fezes moles alternadas com fezes duras) e que são muitas vezes irritantes, inesperados, incontroláveis e dolorosos; Existem marcadores não biológicos de referência, portanto o diagnóstico é feito pela exclusão de patologias e pela consulta dos critérios sintomáticos estabelecidos. Este estudo recrutou 50 pacientes (15 homens e 35 mulheres) que caíram nos critérios de sintomatologia do SII Através de um questionário inicial e um no final, queríamos verificar se, após o tratamento com Kluyveromyces durante três meses, a sintomatologia mudou. A LISTA DAS QUESTÕES CONTIDAS NO QUESTIONÁRIO SE PODE ENCONTRAR NA SECÇÃO EM INGLÉS.

CONCLUSÕES: Reconhecendo que o IBS tem múltiplas causas (fisiológicas, psicológicas, ambientais e comportamentais) e, portanto, não há uma única terapia eficaz, mas múltiplas terapias que visam as causas subjetivas mais importantes, este estudo, com base nos dados sintomáticos coletados antes e depois o tratamento, demonstra que a administração prolongada de Kluyveromyces marxianus fragilis B0399 melhora significativamente a condição clínica e, acima de tudo, melhora a qualidade de vida dos pacientes.


Laboratori Turval Italia Srl – Head Office and Research Dpt: Scientific and Technological Park "L. Danieli"
via Jacopo Linussio, 51 – 33100 Udine (UD) – P. IVA 01883020305